A história do pato

Havia dois irmãos que visitavam seus avós no sítio, nas férias.

Felipe, o menino, ganhou um estilingue para brincar no mato. Praticava sempre, mas nunca conseguia acertar o alvo.Certa tarde viu o pato de estimação da vovó… Em um impulso atirou e acabou acertando o pato na cabeça e o matou. Ele ficou chocado e triste! Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio da madeira! Beatriz, a sua irmã viu tudo mas não disse nada aos avós.

Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: “Beatriz, vamos lavar a louça” Mas ela disse: ” Vovó, o Filipe me disse que queria ajudar na cozinha”. E olhando para ele sussurrou: “Lembra do pato?” Então o Felipe lavou os pratos. Mais tarde o vovô perguntou se as crianças queriam pescar e a vovó disse: “Desculpe, mas eu preciso que a Beatriz me ajude a fazer o jantar.” Beatriz apenas sorriu e disse, “Está bem, mas o Filipe me disse que queria ajudar hoje”, e sussurrou novamente para ele, “Lembra do pato?” Então a Beatriz foi pescar e Filipe ficou para ajudar.

Após vários dias o Filipe sempre ficava fazendo o trabalho da Beatriz até que ele, finalmente não agüentando mais, confessou para a avó que tinha matado o pato. A vovó o abraçou e disse:”Querido, eu sei… eu estava na janela e vi tudo, mas porque eu te amo, eu te perdoei. Eu só estava me perguntando quanto tempo você iria deixar a Beatriz fazer você de escravo!”.

Qualquer que seja o seu passado, ou o que você tenha feito… (mentir, enganar, seus maus hábitos, ódio, raiva, amargura, etc )…. seja o que for… você precisa saber que Deus estava na janela e viu tudo como aconteceu. Ele conhece toda a sua vida … Ele quer que você saiba que Ele te ama e que você já está perdoado. Ele está apenas querendo saber quanto tempo você vai deixar o diabo fazer de você um escravo. Deus só está esperando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece. É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos. Vá em frente e faça a diferença na vida de alguém hoje. Deus está na janela e sabe de tudo!

“A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo.”

DEUS SEMPRE ESTÁ NA JANELA VENDO TUDO E DE TUDO, E O MAIS INCRÍVEL É QUE ELE SEMPRE NOS PERDOA.

Texto recebido da Fabiana Roxo

Anúncios

Cheio de Deus

Sabe quando você vai a uma churrascaria e come tudo que tem direito e só sai de lá quando o guincho chega para te carregar? Imagine que você está saindo da churrascaria completamente satisfeito ou não só satisfeito como também empanturrado de tanto comer……picanha,hahaha. E no caminho que você faz para chegar ao seu carro, você se depara com aquela banca de pastel (pastel que por sinal normalmente você não consegue resistir). E por um momento você pensa em parar para comer nem que seja um pastelzinho, mas ao mesmo tempo você está tão cheio, tão satisfeito, que embora você goste demais do pastel, não é dominado pela vontade de comer. A historinha é engraçada mais tem muito a ver com a gente hoje.

Com o pecado em nossas vidas não é muito diferente. Acredito que pecar, cair em tentação, tem muito a ver com a insatisfação ou satisfação que temos em Deus.

Quando estamos satisfeitos, cheios e transbordantes da presença de Deus, podemos nos deparar com a tentação, com a oportunidade de errar, com aquilo que até satisfaz a nossa carne, mas estamos tão satisfeitos com Deus, tão cheios da presença dele em nós que o pecado não nos atingirá. Conseguimos resisti-lo porque estamos satisfeitos e preenchidos por Deus.

E assim foi com Jesus:

Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do rio Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto. Ali ele foi tentado pelo Diabo durante quarenta dias. Nesse tempo todo ele não comeu nada e depois sentiu fome. Então o Diabo lhe disse: — Se você é o Filho de Deus, mande que esta pedra vire pão. Jesus respondeu: — As Escrituras Sagradas afirmam que o ser humano não vive só de pão. Aí o Diabo levou Jesus para o alto, mostrou-lhe num instante todos os reinos do mundo e disse: — Eu lhe darei todo este poder e toda esta riqueza, pois tudo isto me foi dado, e posso dar a quem eu quiser. Isto tudo será seu se você se ajoelhar diante de mim e me adorar.

Jesus respondeu: — As Escrituras Sagradas afirmam: “Adore o Senhor, seu Deus, e sirva somente a ele.” Depois o Diabo o levou a Jerusalém e o colocou na parte mais alta do Templo e disse: — Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui, pois as Escrituras Sagradas afirmam: “Deus mandará que os seus anjos cuidem de você. Eles vão segurá-lo com as suas mãos, para que nem mesmo os seus pés sejam feridos nas pedras.” Então Jesus respondeu: — As Escrituras Sagradas afirmam: “Não ponha à prova o Senhor, seu Deus.” Quando o Diabo acabou de tentar Jesus de todas as maneiras, foi embora por algum tempo.

Essa história nos ensina muitas coisas, e em nome de Jesus o Espírito Santo irá trazer para as nossas vidas um ensino poderoso.

1- Sempre esteja cheio da presença de Deus.

O verso 1 diz que Jesus estava CHEIO do Espírito Santo quando foi levado ao deserto. Lembra da historinha lá em cima, de sair cheio e satisfeito da churrascaria? Pois é Jesus andava cheio e satisfeito da presença de Deus.

2- Deus nos levará ao deserto.

Jesus foi levado ao deserto pelo Espírito, ou seja, assim como Jesus, seremos levados ao deserto pelo Espírito de Deus. Porque na verdade o lugar que estamos não importa, o que faz a diferença é se estamos cheios e satisfeitos com o Espírito Santo.

3- Cuidado, geralmente em necessidades somos tentados!

Quando Jesus passou os 40 dias em jejum o diabo se aproximou e começou a mostrar atalhos e saídas para as necessidades Dele. E assim fará conosco!

4- Não racionalize as necessidades.

Na necessidade, parece que pecar não é tão prejudicial. Pode-se pensar que pecamos porque a situação não estava ao nosso favor, afinal não tínhamos outra saída. Não é assim que o diabo lança a idéia? Ele diz: pensa bem, você está precisando, está passando fome. Se você pegar este pacote de arroz você vai matar a sua fome. Comparado a você, tem gente que faz coisa pior!

Por isso querido, não podemos racionalizar as nossas necessidades, pois ela nos sobrevém a fim de nos fortalecer. Jesus podia racionalizar as suas necessidades naquele momento, mas ele decidiu espiritualizá-las.

5- Devemos resistir às tentações imediatamente.

Não vemos Jesus discutindo conceitos com o diabo em nenhum momento. Todas as investidas do inimigo foram rebatidas imediatamente com a Palavra e com os padrões de Deus. E isso serve de exemplo para nós hoje. Não podemos pagar pra ver, não podemos perder tempo com as tentativas do diabo, não podemos achar que somos SUPER CRENTES e que por isso estamos imunes a queda. Só estamos de pé porque o Espírito nos mantém assim. Jesus disse: sem mim nada poderão fazer!!

6- Aparentemente, o caminho do diabo sempre será o mais fácil e o de Deus o mais difícil.

A estratégia do diabo é nos oferecer poder, glória, riquezas, a fim de nos iludir. O plano dele é que os nossos padrões de vida seja os dele e não os de Deus. A intenção é fazer com que venhamos ter por bom, por riqueza, por vitória aquilo que ele dá, e não o que Deus nos dá. E nós sabemos que ele é o pai da mentira e que nele não existe nada bom e durável. Como diz um velho ditado: ele dá com uma mão e tira com a outra!

E com Deus é o oposto. Deus deseja que nos despojemos do sentimento de poder, que não busquemos a nossa glória e nos ensina que a prosperidade que Ele tem pra nós nem sempre é a prosperidade que nós conhecemos aqui na terra. Nossas definições para o que é bom são muito diferentes da definição do Senhor. Com Deus precisamos entender por paradoxico que o caminho para baixo na verdade é o caminho para o alto, que ser menor é ser maior, que o coração quebrantado é o coração curado, que o espírito contrito é o espírito alegre, que a alma arrependida é a alma vitoriosa, que não ter nada é possuir tudo, que levar a cruz é portar a coroa, que o vale é o lugar da visão.

E para finalizar, precisamos sempre nos lembrar que:

O diabo começa nos oferecendo a glória e termina nos condenando a morte.

Deus começa nos oferecendo a morte e termina nos presenteando com a Sua Glória!

Queridos que venhamos sempre crer que Deus sempre tem o melhor pra nós. Que venhamos crer que o melhor dele não é o melhor que nós conhecemos aqui.

Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam. 1 Cor 1:9

Deus nos abençoe, em nome de Jesus!

Com amor,

Natália.

Via: Ide por toda web

Eu sou o pecado

Crise de Poder

“Cada um tem a sua pedra no caminho”

Fonte: Paulo Debs

Velhos hábitos

“Mas o firme alicerce que Deus colocou não pode ser abalado, e sobre esse alicerce estão escritas estas palavras: “O Senhor conhece as pessoas que são dele.” E também: “Toda pessoa que diz que pertence ao Senhor precisa abandonar o pecado.” 2 Timóteo 2:19

Estava me preparando para escrever o post e fui ler a Bíblia, estava pensando em escrever sobre Novo Nascimento, pois num só dia ouvi uma pregação sobre o assunto e li um devocional sobre ele… Mas aí quando eu estava lendo Timóteo me deparei com o versículo que coloquei aí em cima, e em especial a parte em que fala “Toda pessoa que diz que pertence ao Senhor precisa abandonar o pecado.” mexeu comigo!

Sabe, fiquei pensando: quantos de nós tem consciência dos seus pecados mas muitas vezes deixam ele de lado? É uma mania aqui, um pensamento ali, uma língua comprida acolá… Acho que já comentei no blog em outro post, que acho que conforme o tempo vai passando, aquele primeiro amor, aquela vontade de ser uma pessoa melhor vai diminuindo, e com o tempo a gente deixa ter certos hábitos de recém convertido e passa a ter outros hábitos que na época em que éramos recém convertidos não podíamos nem imaginar!

Sei que alguns hábitos de recém convertidos são meio exagerados, esses dias mesmo estava lembrando que quando eu me converti só usava esmalte muuuuito claro (sei que algumas igrejas acham que não pode usar esmalte escuro, mas sinceramente hoje vejo que Deus não está lá muito preocupado com o meu esmalte! Rs), mas tirando esses excessos, olhando para trás o que você pode analisar na sua vida que você fazia e hoje não faz mais (pelo menos com tanta freqüência)? Orar? Ler a Bíblia? Jejuar? Trabalhos voluntários?

E o contrário? Se você olhar para trás o que você lutava muito contra e hoje você deixou um pouco de escanteio? É um hábito que antes você se dedicava mais para mudar? É um ambiente que você sabe que não faz bem para sua vida espiritual? São pensamentos que você precisa abolir da sua vida?

Dê uma olhada dentro de si e analise o que você pode melhorar! Sempre é tempo se de tornar uma pessoa melhor! Hoje mesmo eu estava falando com uma amiga sobre uma notícia que uma igreja já sabe que dia vai ser a volta de Jesus (coisa de doido gente!!) e ela falou uma coisa que resume o post de hoje: “Que o importante é estarmos preparados!”. E como nos preparamos? A cada dia deixando o pecado e nos entregando mais e mais a Jesus!

Que Deus abençoe vcs!!

%d blogueiros gostam disto: