Tire as sandálias, seja santo!

Nos últimos dias tenho pensado muito que ter uma vida santa é a única maneira de conseguir ver a Deus. É como se entre eu e Deus existisse uma estrada, e o nome dela certamente é Santidade.

Temos um Deus que se relaciona com seus seguidores, que interage conosco e tem prazer nisto. No Éden, o Senhor todas as tardes se achegava para falar com Adão, Ele queria intimidade conosco.

Já imaginaram que hoje poderíamos ter um Deus todas as tardes descendo do seu Trono para vir conversar conosco? Fascinante pensar nisso!! E isso estaria acontecendo até hoje se a iniqüidade não tivesse se colocado no meio da estrada. É isso mesmo, o pecado de Adão o separou de Deus. Os nossos pecados nos separam do Senhor.
“… mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça” (Isaias 59:2).

No mundo em que vivemos, Santidade na vida de um cristão não é uma opção é uma questão de sobrevivência. Não dá pra dizer que sou filho de Deus se não me preocupo em ser santo. Se não busco me separar de tudo que Deus odeia.

Será que Jesus iria comigo aos lugares que gosto de ir? Será que o assunto de Jesus seria os mesmos que os meus? Será que Jesus trataria as pessoas como eu trato?

Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele;1 João 2:15

Você já pensou nas coisas que gosta de fazer, que dão prazer a sua carne e que Deus, por ser quem é, odeia?
Devolver na mesma moeda na maioria das vezes faz bem a nossa alma, dá aquela sensação de que não somos bobos. Ainda até podemos ouvir a aquela famosa frase: Sou crente mais não sou besta! Será mesmo que Deus concorda com essa frase? Será que dar a outra face é ser besta?
Será que quando nos sentimos bem quando devolvemos o mal com o mal, Deus está de acordo?

Antes de pisar em terra santa, por orientação de Deus, Moisés precisou tirar as sandálias (Ex 3:5).

Nós também precisamos sair de uma vida normal, igual, pois o Senhor nos chamou para sermos espirituais e separados.

A santidade não é algo sobrenatural que a qualquer momento pode acontecer em nossas vidas. Ela é um estilo de vida a ser adotado, ela é uma decisão a ser tomada por todos aqueles que um dia desejam ver o Senhor.
Já imaginou que a condição é a santificação?

Queridos, precisamos tirar as sandálias, precisamos sair do plano natural deste mundo, precisamos colocar nossa mente para viver e participar do que Deus quer.
Não podemos amar o mundo e nem as coisas que há nele.

A santidade pode ser buscada e aperfeiçoada através de um exercício diário. Mude sua rotina, separe suas primeiras horas do dia para falar com Deus, para ter a Sua direção. Coloque o alarme do seu celular para despertar uma hora pelo menos durante o seu dia pra falar com Deus, adorá-lo, agradecer pelos benefícios Dele na sua vida porque Ele merece. Levar ao Senhor as suas ansiedades porque Ele tem cuidado de nós.
Tirar as sandálias também significa deixar os maus hábitos, aqueles costumes que não te fazem próximos de Deus.
Se queremos nova vida com Deus, devemos ter novas atitudes em direção a ELE. Isso é começar a andar na estrada da Santidade rumo ao caráter de Cristo.

E quem nos pede Santidade, é o maior exemplo do que é ser santo.
Eu sou o SENHOR, vosso Deus; portanto, vós vos consagrareis e sereis santos, porque eu sou santo…Levítico 11:44

Então amigos, que neste ano de 2011 que está em seus primeiros dias, possa ser o ano em que trilhemos esta estrada. Não adiantará conquistarmos bens materiais, metas e objetivos pessoais se não conquistarmos a vontade de Deus para as nossas vidas. E talvez você possa me perguntar qual é a vontade de Deus pra minha vida em 2011? E eu posso te responder que não somente para sua vida, como também para minha vida a resposta está aqui;

Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação. 1 Ts 4:3

Que esta possa ser a nossa maior conquista!

Com amor,

Natália.

Via Bom Dia Pai

Anúncios

Sobre Sinal do Reino
Um blog que traz mensagens diárias do cotidiano da vida cristã, feito por cristãos como qualquer outro. Não somos pastores, nem teólogos, muito menos apóstolos, profetas ou seja lá o que for. Somos almas sobreviventes que teimam em seguir a Cristo apesar da igreja e este blog traz uma pouco dos nossos pensamentos e histórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: