Um livro fantástico, você conhece?

Acho não, tenho certeza que já toquei nesse assunto antes aqui no blog, rs.

Mas hoje quando estava em meio a minha loucura diária de arrumar a casa, estudar, fazer mil telefonemas e etc, pensei “Ai! Não posso esquecer de ler a Bíblia!”. Aí sentei no sofá e já cliquei no blog da Natália, no blog do Pedro e no blog do Fabrício que eu tinha visto que tinham atualizações novas que eu não tinha visto. Ai me caiu a ficha: nenhum dos três são a Bíblia ha ha ha ha.

Por mais que na internet tenhamos inúmeros blogs inspiradores, que você de fato “vê” Deus falando com você e nas prateleiras de livrarias evangélicas tenhamos inúmeros livros abençoados dessa mesma forma (e não abençoados também!), como cristãos temos que vigiar para termos aquele NOSSO momento com Deus, em que abrimos a Sua Palavra e ouvimos a Sua Voz falando diretamente ao nosso coração.

Ao nos depararmos com a Bíblia, podemos lê-la como mais um livro ou podemos lembrar que:

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.” 2Tm 3.16,17

Dentre as muitas maneiras de lermos a Bíblia vou destacar algumas, baseada pelo site www.vivos.com.br.

Com comprometimento

Todos nós sabemos o quanto a nossa rotina é corrida, que dia após dia aparecem mais e mais coisas para fazermos e resolvermos, então, que tal separar um momento específico do seu dia para fazer isso? Se você não fizer isso Deus não vai te amaldiçoar ou coisa assim, mas assim como temos um horário determinado para irmos ao trabalho, a faculdade, a aula de inglês, ao culto e a tantas outras coisas, creio que se nos dispusermos a ter um horário específico para ler a Bíblia ficará mais difícil de acabarmos “deixando isso pra lá”.

“E o terá consigo e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer o SENHOR, seu Deus, a fim de guardar todas as palavras desta lei e estes estatutos, para os cumprir.” Dt 17.19

Dentro desse ponto acho que também podemos frisar a questão de não ler a Bíblia “correndo”. Vamos supor que você tem uma prova na faculdade (eu inclusive estou com várias pela frente!), ao estudar você não vai ler correndo e vai se sentir preparado para fazer a prova, certo? E por que justo com a Bíblia tem que ser diferente??

Em 2 Timóteo 2:15 está escrito:

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”

Ou seja, temos que nos empenhar no estudo para que nas adversidade da vida estejamos com a vida firmada na Rocha.

Meditando

Vou fazer uma comparação meio feia, mas creio que se encaixa bem com o que eu quero dizer.

Meditar é “ruminar”. Um animal que rumina come o alimento e mais tarde regurgita-o, isto é, trás o alimento de volta a boca e o mastiga vagarosamente, extraindo dele todos os nutrientes. Meditar é a mesma coisa. Primeiro lemos a Palavra, estudamos e podemos até decorá-la. Mas quando começamos a meditar, vamos mais além e começamos a “mastigar” a Palavra, pensando, refletindo, assimilando-a, aplicando-a à nossa vida, transformando-a em nossa oração.

“Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.” Js 1.8

“Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.” Sl 1.1,2

Usando-a como arma

Esses dois versículos abaixo me fazem pensar no como devemos estar “em dia com a nossa leitura” para que eles se tornem realidade em nossas vidas:

“Raça de víboras, como podem vocês, que são maus, dizer coisas boas? Pois a boca fala do que está cheio o coração.” Mateus 12:34

“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.” Filipenses 4:8

Se não tivermos um comprometimento com a Palavra ficará um tanto quanto difícil falarmos sobre ela, e termos ela em nossa mente.

Por isso eu digo: continuem visitando o nosso blog e tantos outros bons que tem por ai! Leiam livros cristãos, por que muitas vezes pela visão de outras pessoas acabamos tendo um outro entendimento para determinadas passagens, mas não se esqueçam de se alimentar por conta própria, assim como no dia a dia ninguém pode comer ou beber por você, quando se trata da nossa Salvação ninguém pode se consagrar por nós, ela é individual!

Com carinho

Que Deus abençoe

Júlia

Anúncios

Sobre Júlia Lainetti
:)

One Response to Um livro fantástico, você conhece?

  1. Natália says:

    Oi Jú, tomei até um susto qdo vi meu nominho aí,rsrs!! Muuuito bom seu texto, de fato precisamos fazer dessa meditação um hábito, um estilo de vida!!
    Eu leio a Bíblia todos os dias, e tb leio seu blog,hehehe!! bjooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: