Vida Conjugal na Sociedade Moderna

Depois de horas de viagem, passado pela experiência de se perder em uma estradinha de terra graças ao GPS (Guiado Por Satanás como dizem alguns rs), correndo o risco de tomar uma multa de velocidade para conseguir chegar a tempo, já cansados e o corpo dolorido chegamos ao retiro de casais da IBAB. Como perdemos muito tempo na estrada chegamos bem no comecinho da abertura do evento, subimos para o quarto guardamos nossas coisas e fomos correndo para a abertura sem termos tido tempo de jantar ainda. Dormindo tarde e acordando cedo, para não perder as outras palestras foi um final de semana muito corrido sem termos muito tempo de aproveitarmos o hotel, se ao menos saíssemos de lá aprendendo alguma coisa que pudesse ser relevante na nossa vida todo esse esforço valeria a pena, então o retiro valeu MUITO mas MUITO a pena, foi um final de semana cansativo com certeza mas cada minuto valeu o esforço.

Desde a abertura até o encerramento pudemos participar de momentos ótimos ao lado de novos amigos. Nas palestras foi uma reflexão baseada no filme Amor sem Escalas (foto), tendo como preletor Ed René Kivitz e pudemos conversar sobre vários assuntos sobre a vida conjugal, relacionamentos, divórcio, sexo, enfim tudo que envolve casamento e que está em pauta na sociedade de hoje. Dificilmente conseguiria escrever aqui todo o conteúdo passado no retiro em um único post, mas não se preocupem, com certeza os próximos textos sobre casamento, amor, relacionamento e etc. serão influenciados por essas idéias.

Na sexta passada colocamos um vídeo do Marcos Botelho aqui no blog onde ele diz sobre a necessidade da igreja em abordar sobre sexo, um assunto que tem sido um tabu da religião. Por anos a maioria das igrejas sempre evitavam falar no assunto, colocando isso como algo sujo e até mesmo pecaminoso. Simplesmente dizia-se aos jovens “não pode, não pode, não pode” sem esclarecer mais nada e conseqüentemente não se falava sobre a relação conjugal para evitar chegar no assunto sexo. Os pais por sua vez muitas vezes evitavam falar desse assunto com os filhos seja por desinformação ou por medo do tabu, logo temos uma geração inteira que aprendeu a se relacionar pelas informações que a sociedade expôs tornando as coisas ainda mais confusas e complicadas.

Sempre tive a impressão que a igreja se colocava em uma bolha para se isolar do assunto e ignorava completamente as perguntas dos jovens e pior ainda ignorava o contexto social em que vivemos e ao invés de dar respostas para as perguntas colocam sexo como o pior pecado capital de todos condenando veementemente o cara que transava com a namorada (exceto se fosse o filho do pastor é claro rs). Ah como os pastores sofriam com os meus “por quês?”. Não que minhas perguntas fossem fruto de uma vontade de receber um aval, muito pelo contrário eram frutos de uma sincera dúvida de um jovem que queria entender melhor a sua fé já que com relação a namoro, casamento ou relacionamentos do gênero a Bíblia não é 100% clara no assunto, não existem mandamentos acerca disso.

Sexo antes e durante o casamento, divórcio, adultério, papel do homem e da mulher na relação, o comportamento do casal cristão em uma sociedade completamente diferente da relatada na Bíblia. Esses foram alguns do tópicos que rodavam minha mente desde que me converti, tentei extrapolar os assuntos ao máximo para que alguém me respondesse as perguntas antes que eu as tivesse de verdade. E finalmente depois de 10 anos procurando, alguém me falou com franqueza e clareza suficiente sobre tudo isso, foi um final de semana intenso e maravilhoso e saímos do retiro com a resposta para a maioria dessas perguntas e com base na nossa fé em Cristo. Que alivio rs, até me sinto mais preparado  para falar do assunto. Nos próximos textos vou tentar colocar aos poucos sobre cada assunto (acreditem é muita coisa mesmo) e se alguém quiser fazer alguma pergunta específica pode deixar um comentário ou mandar um e-mail se quiser manter privacidade

Que Deus abençoe

Lucas Lainetti

Anúncios

Sobre Lucas Lainetti
Cristão teimoso em continuar seguindo Ele apesar da igreja rs, sobrevivente de evangelho pós moderno. Não sou teólogo, nem pastor, também não recebi nenhuma unção especial me tornando acima de alguém. Ás vezes sou um trabalhador ás vezes sou só um cidadão, ora amigo na alegria ora irmão na angústia, marido sempre feliz e orgulhoso da esposa. Mas em todo o tempo eu sou cristão tentando ser um sinal do reino fora do templo

One Response to Vida Conjugal na Sociedade Moderna

  1. pedropamplona says:

    Temos que lutar pelo casamento e sexo puro! Esperando os próximos posts. Deus abençoe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: