Prioridades

Há um tempo recebi este e-mail e vira e mexe me lembro dele…Hoje vou falar um pouquinho sobre o que ele fala ao meu coração.

Um frequentador da igreja ligou para o programa de rádio e reclamou que não faz sentido ir a igreja muitos dias: “Eu tenho ido a igreja por 10 anos, e durante este tempo eu ouvi mais de 3 mil mensagens. Mas eu dou minha palavra, não consigo me lembrar de nenhuma delas. Assim eu penso que eu estou perdendo o meu tempo e os pastores perdendo o tempo deles pregando e ensinando” Esta ligação gerou uma grande dicussão na rádio. Pessoas ligavam defendendo a frequência na igreja outras não.

Mas ninguém conseguiu se expressar muito bem. E isso demorou horas.

Até que um homem ligou: “Eu estou casado há 30 anos, Durante este tempo, minha esposa deve ter cozinhado umas 32 mil refeições. Mas dou minha palavra: não me lembro do cardápio de nenhuma delas, mas uma coisa eu sei, todas elas me nutriram e me deram a força que eu precisava para fazer o meu trabalho. Se a minha esposa não tivesse me dado estas refeições, eu estarei hoje fisicamente morto”

“Da mesma forma eu me alimento espiritualmente na igreja, posso não me lembrar de todas as mensagens, mas cada uma delas serviu para me alimentar espiritualmente”

Este argumento foi suficiente para encerrar a discussão na rádio.

Bom, quantos de nós ao longo do dia a dia conseguem tempo pra tudo? Trabalho, estudos, afazeres domésticos, ver os amigos, comer, namorar… E chega domingo (ou sábado, ou o dia que você tira pra ir a igreja) e a primeira coisa que nos passa a cabeça quando aparece um compromisso de última hora é “Ah! não vou a igreja só hoje… não tem problema, só um domingo!”. Digo isso me incluindo na questão, porém o ponto é quantos de nós no meio da correria fala “Ah!! comer leva muito tempo, acho que vou abolir isso da minha agenda” ou “Ah! não vou mais dormir… vou usar esse tempo para alguma coisa mais útil!”.

Bom, acho que você, assim como eu, já ouviu alguns “espertinhos” falando as frases acima ou alguma coisa do gênero, e qual foi a circunstância que levou a pessoa que o disse? Problemas de saúde, falta de paciência, perda de atenção… Por quê? Por que o corpo humano tem suas necessidades fisiológicas a serem supridas! Assim como a nossa alma precisa ser alimentada diariamente, podemos não ir a igreja todos os dias, mas devemos nos preocupar com ela, nos alimentando com músicas, orações, leituras, enfim coisas que nos fortaleçam no meio desse mundo tão conturbado em que vivemos. O resultado de deixar de fazer isso não vai ser visível tão facilmente quanto o deixar de se alimentar ou de dormir, porém há uma frase que sempre uso, uma pessoa quando está “caindo na fé” não percebe quando está no meio do caminho, mas percebe apenas quando está no fundo do poço, é triste, mas sem sombra de dúvidas na maioria dos casos é verdade.

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.”
Marcos 14:38

Anúncios

Sobre Júlia Lainetti
:)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: