Quem quer ser um milionário?

Quando eu vou à livraria me chama a atenção a quantidade enorme de livros na sessão auto ajuda, isso me diz diretamente que essa, provavelmente, é a sessão de maior vendas e indiretamente diz que existe um grande público desesperado por ….. ajuda! (dãrd) existe uma multidão de pessoas desesperadas por resolver seus anseios e conflitos internos. Parece que existe uma conspiração querendo colocar na nossa cabeça que devemos a todo custo comprar produtos que não podemos para parecermos pessoas que não somos para pessoas que não gostamos (isso te faz sentido?? Nem para mim).

Pode parecer um pensamento fundamentalista, mas para mim o próprio termo “Auto ajuda” já é um tanto herege porque auto ajuda busca também a auto suficiência, onde você por si mesmo resolveria todos os seus problemas e não precisaria de mais ninguém. Sendo que o cristianismos não existe sem a comunidade de Cristo, buscamos nossa ajuda em Cristo e também devemos ajudar uns aos outros.

Voltando (rs) nessa sessão da livraria já vi um livro com o título “Deus quer que você seja um milionário”. Então me coloquei a pensar no assunto, Deus realmente iria querer que alguém seja um milionário? Deus iria querer que alguém fosse pilar de concentração de renda, visto como um dos principais problemas de nosso país? Por quê? Fuçando pela net eu achei o texto do Leandro Siqueira publicado no blog Sejamos Honestos que segue abaixo

“E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós” 1 Co 11:19

Tenho meditado muito a respeito disso há algum tempo. Por que o Evangelho pregado hoje pela Igreja de Cristo difere tanto do Evangelho pregado pelo próprio Cristo e Seus Apóstolos?

Há algum tempo eu defendia a tese de que homens mal intencionados pregavam com o intuito de ludibriar, iludir, enganar o povo. E com o passar do tempo tenho visto que tem sido algo crescente em nosso meio. E sinceramente, assim como tenho visto muitos saírem decepcionados com Deus (por esperarem o que Ele não os prometeu), tenho visto também que muitos têm permanecido, satisfeitos com a refeição que tem sido servida. E tenho me perguntado: Como é possível estarem satisfeitos, se tal refeição não é alimento pra vida eterna (Jo 6:35)?

Eis a resposta:

“Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se a fábulas ” 2 Tm 4:3-4

O cristianismo contemporâneo tem se tornado algo aceitável e agradável aos ouvidos de muitos incrédulos. Se amam o dinheiro, prega-se que Jesus te dá dinheiro, ou que Ele multiplica seu dinheiro a trinta, ou a sessenta, ou a cem por um. Prega-se auto-ajuda, psicologia. Você é demais! Você é maravilhoso! Você “pode todas as coisas naquele que te fortalece”, você poder ser médico, pode ser advogado, dono de empresas, e, aliás, “Deus quer que você seja Milionário”.

Como isso me dói aos ouvidos! Como isso aflige minha alma! Mas entendo que “importa que haja entre nós heresias, para que os sinceros se manifestem entre nós”. Isso é necessário para que seja revelado quem verdadeiramente é o senhor de cada um. A cada dia surge uma unção nova, nenhuma delas encontrada nas Escrituras, a não ser por meio de distorção. Tem surgido homens, que têm sido chamados de “super-heróis” que vieram salvar o mundo. E Cristo? Seu sacrifício foi em vão? E a mensagem de Cruz? Não se prega mais arrependimento? A mensagem “Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1:15) parece estar meio defasada, segundo o ponto de vista dos grandes “ungidos” atuais. Já me falaram que era “papinha” se pregar a mensagem de Cruz. Triste, meus olhos enchem de lágrimas, e surge uma indignação tal, pelo fato de que este cristianismo contamporâneo tem feito mais filhos do diabo, do que filhos do Deus Altíssimo por meio de Cristo Jesus.

Isso não é cristianismo. Essa não é a mensagem de Cristo. Se isso fosse a mensagem de Cristo, concluiríamos que Ele estaria falhando com, pelos menos, 90% da Sua igreja. Se você é pobre, é atribuído à sua falta de fé. “Semeie aqui tudo o que tens, e Deus multiplicará”. Usam a passagem de Jesus falando com o jovem rico (Mt 19:21), mas diferentemente do que Jesus disse ao rico, não dizem para que dê aos pobres, mas que se entregue aos púlpitos.
Não sou contra dízimo e oferta, que isso fique claro, sou contra extorsão usando o Evangelho como arma para arrancar dinheiro suado do povo sofrido.

Outro dia me vem a notícia de que um famoso pregador comprou seu jatinho particular, sendo que alguns meses antes ele sequer tinha dinheiro para pagar seu programa televisivo. Após uma bela campanha, apoiada por um desses hereges milionários, o abençoado pregador já não reclama de dificuldades de pagar o programa, e além disso, como supra-citei, comprou seu jatinho particular. Diante disso, uma amiga minha, que não é cristã, se deu ao trabalho de calcular quantas famílias seriam mantidas com uma cesta básica por mês durante um ano, com esse dinheiro usado para comprar o jatinho. Pasmem-se, o número girava em torno de 5.000 famílias. Simplesmente, é um escândalo para o Evangelho de Cristo.

Mas ainda assim me vem à cabeça que “importa que haja entre nós heresias, para sejam revelados os sinceros”. Talvez não seja um bom texto, confesso, não é o meu forte. Talvez uma forma esdrúxula de externar minhas indignações. Me acostumei a ser apedrejado por minhas opiniões, mas concluo que, ainda que não seja um bom texto, ainda que seja esdrúxulo, o que me importa é que eu seja honesto.
Portanto, Sejamos Honestos…

Fonte: http://sejamoshonestos.blogspot.com/2010/02/que-os-sinceros-se-manifestem.html

Eu gostaria de levantar uma reflexão sobre o assunto, seja sobre a ênfase que muitos pregadores tem dado sobre a felicidade pessoal e estimulando o sonho de riquezas sem fim ou sobre os efeitos que isso tem causado ao evangelho como um todo e também qual é o nosso papel diante dessa propagação de inúmeras teologias (aí a conversa vai mais longe porque as ramificações são infinitas).

deixem seus comentários, rs

Que Deus abençoe
Lucas Lainetti

Anúncios

Sobre Sinal do Reino
Um blog que traz mensagens diárias do cotidiano da vida cristã, feito por cristãos como qualquer outro. Não somos pastores, nem teólogos, muito menos apóstolos, profetas ou seja lá o que for. Somos almas sobreviventes que teimam em seguir a Cristo apesar da igreja e este blog traz uma pouco dos nossos pensamentos e histórias

One Response to Quem quer ser um milionário?

  1. Ma Forti says:

    Me parece bastante claro q esses pregadores que exaltam a riqueza e dizem q aqueles q tem Fe serao privilegiados com riqueza material e atribuem riqueza a Deus, fazem isso para que passe a ser aceitavel o fato de que eles mesmos estao enriquecendo aos montes as custas das pessoas ingênuas (ou idiotas) que acreditam neles, e que vao aceitar que eles tem mais dinheiro pq estao mais proximos de Deus, ou porque acreditam mais na sua divindade. Enquando eles se aproveitam de todo mundo, distorcendo passagens da Biblia a seu favor.
    Eh realmente vergonhoso… mas mais vergonhoso eh que as pessoas caiam nessa….
    Sinceramente… Pra maioria destes pastores, isso ai foi uma ótima escolha de profissao. Sendo médicos ou empresários, eles nao fariam nem uma pequena porcentagem do dinheiro q fazem tirando dos fieis o q eles ganham trabalhando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: