Apaixonados por Cristo … mesmo?

“E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.”
(Mateus 22:35-40)

 

Este é uma das passagens mais conhecidas da Biblia, até mesmo por aqueles que não praticam a fé no seu dia a dia. Para este post eu quero focar mais especificamente na parte “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento” e no próximo vou falar sobre a parte “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.

 

Este mandamento logo começa com o verbo amar, ah o amor, sentimento tão pouco compreendido por nós e objeto de inspiração desde os vários poemas de séculos atrás até as canções sertanejas mais bregas dos dias de hoje. Creio que todos concordamos que o amor é extremamente importante em nossa vidas, eu diria até mesmo que é o motor que move a maioria de nossas ações. Não é a toa que o apóstolo Paulo afirma em sua carta aos Coríntios “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria” (1 Corintios 13:1-3). Ou seja, podemos fazer toda obra de caridade do mundo mas sem amor não adianta nada (falaremos sobre isso no próximo post, não percam rs)


Então amar a Deus de TODO o coração é fazer de Deus o motor de suas ações, o centro de tudo, e como dizia um professor meu, tudo vem da palavra tudo que significa TUDO, entendeu? Bom vou explicar mais, vamos pegar por exemplo a copa do mundo dia de jogo do Brasil, imaginou a cena já? O país inteiro simplesmente pára TUDO por amor ao futebol, um trânsito infernal é estabelecido na cidade de São Paulo por que naquele exato momento a coisa mais importante das suas vidas é chegar em casa para ver o jogo (pelo amor num tô falando aqui que futebol é do capeta, foi só um exemplo ok?). Mas infelizmente muitas pessoas não tem a mesma urgência para ler a Biblia, buscar a Deus e etc. Deus é simplesmente mais uma coisa em suas vidas (eu pelo menos não enfrento um transito infernal pra chegar na igreja rs). Muitas vezes nós (e me incluo nisto) deixamos as coisas de Deus de lado porque temos algo que aos nossos olhos é mais importante como o trabalho por exemplo, tem épocas e começamos a trabalhar tanto que acabamos deixando todo o resto de lado como nossas famílias e isto não é bom.


Amar a Deus é colocar Deus em primeiro lugar em nossas vidas e isto nem sempre é uma coisa fácil, um amor assim exige um compromisso muitas vezes mais sério do que pensamos, Martín Luther King disse uma vez “Aquele que não descobriu pelo o que morrer, não é digno de viver”. Será que estamos realmente dispostos a morrer por amor a Deus? Dou graças por viver em um país onde somos livres para adorar a Deus sem perseguição mas muitos cristãos tiveram que morrer por seu amor a Cristo, não somente os primeiros mas muitos nos dias de hoje. Será que somos capazes disso mesmo? Paulo disse “Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Filipenses 1:21), eu oro para que isto seja uma verdade em meu coração e não somente da boca pra fora.


Que Deus abençoe
Lucas Lainetti

Anúncios

Sobre Lucas Lainetti
Cristão teimoso em continuar seguindo Ele apesar da igreja rs, sobrevivente de evangelho pós moderno. Não sou teólogo, nem pastor, também não recebi nenhuma unção especial me tornando acima de alguém. Ás vezes sou um trabalhador ás vezes sou só um cidadão, ora amigo na alegria ora irmão na angústia, marido sempre feliz e orgulhoso da esposa. Mas em todo o tempo eu sou cristão tentando ser um sinal do reino fora do templo

3 Responses to Apaixonados por Cristo … mesmo?

  1. Fernando says:

    Ainda mais nestes tempos em que vivemos Pode crer que é lucro morre mesmo, e claro ir para graça com o Senhor!! Mas para isto existe um preço, ou achou q ia ser fácil!!!

    Custa uma Vida: A sua!

    Entregue ela a Deus e seja Feliz!
    Um forte abraço,
    Na Fé!
    http://fernando-ms.blogspot.com/

  2. Fernando says:

    Nesses dias em que vivemos pode crer que morrer é lucro, claro e ir para a graça do Pai!!!
    Mas para isso existe um preço, ou vc achou q seria fácil!!!

    E o preço, é a sua vida!!

    Entregue nas mãos de Deus e seja Feliz!

    Um forte abraço,
    Na Fé!
    http://fernando-ms.blogspot.com/

  3. Natália says:

    Deus nos deixou o livre arbítrio justamente para ver quem iria amá-lo de verdade, de livre e espontânea vontade ou por obrigação eimposição. Quando de fato entendemos o que Deus é para nós, e o que nós somos para Ele, acredito que esse amor acontece.

    ótimo texto amigo.

    Deus abençoe vocês.

    bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: